Engajando o shopper no PDV do varejo farmacêutico

Mundial Group junho 27, 2022

Cinco estratégias para engajar e fidelizar os clientes no PDV da sua farmácia

A partir do momento que se conquista um novo cliente, o próximo passo é fidelizá-lo para que ele faça compras recorrentes em sua farmácia. Para que isso aconteça, o PDV (Ponto de Venda) deve estar bem alinhado com estratégias que deem motivos para que o seu shopper volte em uma próxima compra. Ele é parte crucial de qualquer estabelecimento físico, pois é ali que acontecem as vendas.

Separamos algumas dicas para implementar no PDV do varejo farmacêutico para que você torne seus clientes engajados.

1) PDV bem organizado

Para que a experiência do shopper seja boa, ele não deve ter dificuldades e empecilhos ao procurar o que precisa. Sendo assim, as gôndolas e prateleiras de sua farmácia devem estar sempre organizadas, de preferência dividida por categorias, para que tudo possa ser encontrado com facilidade.

Crie setores, como o de medicamentos, de higiene e cuidados pessoais, maquiagens, suplementos alimentares etc., isso facilita a visualização de seu cliente, e, consequentemente, torna o ato de compra mais rápido. Algumas estratégias mais técnicas também são bem-vindas. Uma das mais utilizadas no comércio varejista é a verticalização, colocando os produtos de menos saída de cima para baixo. Esta tática também pode ser aplicada para dispô-los do lado esquerdo, que é por onde as pessoas começam olhar.

A maneira como o mobiliário está disposto na farmácia gera impacto no PDV. O ideal é que o desenho do fluxo interno seja retangular, possibilitando organizar mais facilmente os balcões e as gôndolas.

2) Bom atendimento e equipe treinada

Ainda sobre a questão de tornar a experiência do shopper no PDV positiva, de nada adianta facilitar sua busca pelos produtos na farmácia, se não souberem ajudá-lo com alguma dúvida que ele possa vir a ter. Sendo assim, é importante que os balconistas não sejam apenas meros vendedores, mas, sim, verdadeiros consultores que possam entender a necessidade do cliente e oferecer a ajuda que ele precisa.

Então, é fundamental que os profissionais entendam sobre os medicamentos e produtos com os quais trabalham. Capacite sua equipe para conhecer o portfólio da farmácia, e, se possível, contrate ou terceirize funcionários que dominem determinados segmentos, como o de beleza e maquiagens, para que possam passar dicas e orientações. A agilidade da equipe também é algo que conta muito.

3) Conheça o perfil de seus clientes

Identificar as necessidades, dores e desejos dos clientes facilita o caminho para oferecer as melhores soluções a eles. Para conseguir isso, os cadastros precisam estar sempre atualizados, e, além de dados básicos e demográficos, como nome, CPF, idade, endereço, telefone etc., constar informações que ajudem melhor detalhar as “personas”. Para isso, aposte em pesquisas comportamentais para registrar hábitos de consumo, hobbies, marcas que consome, entre outros.

Também não se esqueça do registro do histórico de compras, que auxilia a análise da periodicidade de compras, ticket médio, necessidades especiais etc. Tudo isso é fundamental para uma abordagem de venda mais assertiva.

Use a tecnologia como aliada para otimizar estes processos, investindo, por exemplo, em um sistema de CRM. Ele acelera a alimentação contínua da base de dados que ajuda a entender o que motiva o consumo de seu shopper, acelerando a obtenção de insights e viabilizando a tomada de melhores decisões.

4) Diferenciais de preços e produtos

Preços atrativos que combatem a concorrência, a primeiro momento, pode ser uma ótima estratégia para captar clientes. Outra aposta que te destaca em meio aos outros é trabalhar com produtos exclusivos, buscando sempre estar antenado às tendências do mercado e oferecer marcas de apreço reconhecidas pela qualidade.

Se na sua farmácia, por exemplo, há uma alta procura por dermocosméticos, vale aumentar a gama de fornecedores e produtos neste segmento. Oferte uma variedade de preços e de produtos que atendam às necessidades e perfis de consumidores diferentes. Ir a outra farmácia e perceber que ela é mais completa que a sua pode causar perda de clientes. É essencial também manter o estoque abastecido, principalmente com os itens de maior saída.

5) Campanhas e ações de engajamento

Crie campanhas atrativas que podem engajar o seu cliente no PDV, fazendo, por exemplo, kits de vendas. Apenas dar desconto ou oferecer preços que combatem a concorrência pode não se mostrar suficiente, isso porque o valor do produto não está apenas relacionado a seu custo. Portanto, aposte em maneira de demonstrar o valor agregado de seus produtos. Isso pode ser feito por meio de eventos que transmitam informações, como workshops, que servem também de ações para apresentar novos produtos e serviços.

Outra estratégia que atrai e engaja clientes são os programas de fidelidade. O próprio nome sugere que é uma forma de fidelizar os shoppers. Um cartão de fidelidade que oferece benefícios depois de um determinado número de compras, por exemplo. Muitos consumidores fazem o uso contínuo de alguns medicamentos, e ao receberem algum benefício por comprar na mesma loja, com certeza não terão dúvidas em voltar.

Soluções de PDV com a Mundial Logistics Group

Se você precisa de uma solução completa para o PDV no varejo farmacêutico, conte com os serviços da Mundial. Estamos há mais de sete anos atuando no setor promocional de saúde, com licença da ANVISA para armazenar e conservar produtos com necessidades especiais.

Realizamos toda cadeia logística de amostras grátis dos principais laboratórios do Brasil, da armazenagem à distribuição, além de sermos especialistas no manuseio de kits promocionais no PDV ou para entregas voltadas para qualquer ação.

Foto: iStock.com/zoranm

    Fale Conosco

    Mensagem enviada com sucesso!